DestaquesNotícias

Corsan vai investir mais de R$ 1 milhão na limpeza na barragem e duplicar sua capacidade

Por Lorenzo Stefani Santos

Na tarde deste sábado, dia 02, o Diretor de Operações da Corsan, André Finamor, o Gerente local da Companhia, Ary Figueiredo e o Secretário Chefe da Casa Civil do Governo Gaúcho, Otomar Vivian, estiveram na barragem da Fonte do Mato, que abastece a comunidade de Caçapava do Sul, para anunciar um investimento de R$ 1 milhão para desassoreamento e limpeza geral da barragem, além de duplicar sua capacidade e aprofundar mais de 3 m. A obra será feita também na barragem do salso, que também abastece a cidade.

Participaram também do encontro, o Diretor da Empresa DCON Construções, Engenheiro Diego Conte, que será o responsável pelas obras que iniciam na segunda-feira, dia 04, com três retroescavadeiras hidráulicas, trator de esteira e cinco caminhões. Após terminar na barragem da Fonte do Mato, o serviço seguirá na barragem do salso.

Segundo o Diretor da Corsan, o serviço visa melhorar as condições de abastecimento de água na cidade, onde esta limpeza e aprofundamento em quase três metros vai duplicar a capacidade da barragem e garantir o abastecimento de água para a população por muitas décadas.

Enquanto a obra estiver em execução, a captação de água será feita somente pela barragem do Salso. Como o nível da barragem está 1,25 metros abaixo do normal, o gerente local da Corsan, Ary Figueiredo destaca a importância da comunidade economizar água.

” A Corsan vai aproveitar que a barragem da Fonte do Mato está praticamente sem água para fazer esta grande obra, que vai duplicar, ou talvez triplicar a sua capacidade. Em virtude da estiagem que castiga o município há mais de seis meses, a capitação da água já estava sendo feita somente na barragem do salso, com isso, para manter o abastecimento normal na cidade será importado água bruta de outros locais para garantir os 5 mil m³ de água que a comunidade consome diariamente. São medidas emergenciais em virtude da seca e vamos aproveitar para fazer esta grande obra na barragem principal”, disse Finamor

” Vamos aproveitar e reforçar o pedido a comunidade para economizar água, porque a cada semana sem chuva a situação fica mais difícil, mesmo com a importação de água e a garantia de abastecimento da barragem do salso, que apesar de estar em nível baixo está sempre com água em virtude do arroio que é muito forte. Vamos economizar”, disse Ary.

” Eu não estou lembrado da última estiagem que chegou perto desta, e também nunca vi a barragem da Fonte do Mato com nível tão baixo de água, quase seca, ainda bem que existe outra capitação para garantir o abastecimento. Mas vamos aproveitar a estiagem e realizar uma obra que vai duplicar a sua capacidade”, disse Otomar Vivian.

Fotos:  Lorenzo Stefani Santos

Comentários

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Fechar
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios